Comic World

Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por L Mars em Seg Fev 16, 2015 5:25 pm

"Contrabando"
"Esta noite, à meia noite, a polícia, através de informadores infiltrados, teve o conhecimento de que um navio, carregado com inumeros tipos de quantidades exurbitantes de droga, vai atracar no porto de Nova Iorque.
Os traficantes camufulam a droga no interior de de recipentes de manteiga de amendoim, tentando camuflar o cheiro e disfarçando assim a sua verdadeira intenção.
Muitos capangas se encontram no local, tentando garantir que tudo corre como planeado, e a força policial encontra-se reduzida, pois muitos dos membros, perferem assegurar as suas vidas a tentar arrisca-las para fazer justiça.
Quem quiser ajudar a policia a prender estes traficantes, inscreva-se na estação de policia mais próxima, toda a ajuda será recompensada monetáriamente."
Nota: O contrabandista, dono de toda esta circulação de droga, esta a oferecer uma recompensa a quem ajudar na segurança da transação.
Nota2: A Policia de Nova Iorque esta a recrutar pessoas para ajudar a policia a acabar com este tráfico.

Número mínimo de Participantes: 2
Número máximo de Participantes: 4
Recompensa: 750

Pessoas Inscritas:

______________________________________

avatar
L Mars
Fundador
Fundador

Barra de Respeito às Regras :
Mensagens : 205
Comic Coins : 2444
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24

Ficha de Personagem
Nome: Tália M. Nox
Dinheiro: 950 Caps
Nivel: 4

Ver perfil do usuário http://comicworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Mr.Puddin em Qui Fev 26, 2015 8:59 pm

Count me in
avatar
Mr.Puddin
Membro
Membro

Mensagens : 31
Comic Coins : 2511
Data de inscrição : 24/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Andrew Reyne
Dinheiro: 1500 Caps
Nivel: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Skylar M. Vaugan em Qui Fev 26, 2015 8:59 pm

I'm in!
avatar
Skylar M. Vaugan
Membro
Membro

Mensagens : 5
Comic Coins : 2472
Data de inscrição : 26/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Skylar Marie Vaugan
Dinheiro: 750 Caps
Nivel:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por L Mars em Qui Fev 26, 2015 9:16 pm

Ambos inscritos.
Vamos esperar até amanha para dar inicio à Missão.

Enquanto esperam pela missão recomendo que escrevam um Chapter para introduzirem as vossas personagens =)

______________________________________

avatar
L Mars
Fundador
Fundador

Barra de Respeito às Regras :
Mensagens : 205
Comic Coins : 2444
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24

Ficha de Personagem
Nome: Tália M. Nox
Dinheiro: 950 Caps
Nivel: 4

Ver perfil do usuário http://comicworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Mr.Puddin em Sex Fev 27, 2015 9:09 pm

Já se pode começar a missão?
avatar
Mr.Puddin
Membro
Membro

Mensagens : 31
Comic Coins : 2511
Data de inscrição : 24/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Andrew Reyne
Dinheiro: 1500 Caps
Nivel: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por L Mars em Sex Fev 27, 2015 9:38 pm

@Mr.Puddin escreveu:Já se pode começar a missão?
Sim podem começar.
Passaram-se 24 horas, portanto, tempo suficiente para inscrições extra ^^

Boa sorte Very Happy

______________________________________

avatar
L Mars
Fundador
Fundador

Barra de Respeito às Regras :
Mensagens : 205
Comic Coins : 2444
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24

Ficha de Personagem
Nome: Tália M. Nox
Dinheiro: 950 Caps
Nivel: 4

Ver perfil do usuário http://comicworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Mr.Puddin em Sex Fev 27, 2015 10:41 pm

Pequenas gotas de chuva caiam do céu, este estava cinzento e Andrew passeava pelas ruas de Chicago. As pessoas andavam alheias ao seu redor, mas desde que descobriu o seu poder, Andrew, passou a olhar com mais atenção para todas pessoas, quantas delas esconderiam algo parecido como dele, o seu sangue fervilhava por cada pessoa que passava por ele. Tinha acordado bastante bem disposto aquela manhã, o seu lado sociopata estava a flor da pele naquela manhã e ansiava por qualquer coisa, mesmo mínima que fosse, um pequeno encontrão, algo que despoletasse uma cena de pancadaria. Enquanto se mantinha alheio a tudo, nos seus pensamentos um rapaz de capuz negro chocou contra ele fazendo-o parar e mostrando-lhe um pequeno papel branco.

-É do Morris.

A mão pálida de Reyne segurou no papel enquanto o seu lado sádico se acalmava enquanto desdobrava o papel que em letra muito abstracta estava escrito.

"Foi uma pena teres sido atirado para a rua por aqueles rapazes sem honra. Mas um homem esperto sabe utilizar as habilidades de um outro. Tenho um trabalho que te pode interessar e o pagamento também é chorudo, vêm ter comigo no cais numero seis na marina hoje as três da manhã"

Assinado com J.Morris. A mão de Andrew amarrotou o papel e colocou-o no bolso do casaco enquanto retirava uma pequena bola de vidro fazendo-a dançar na sua mão direita enquanto andava pela rua.
Jason Morris, um conhecido criminal conhecido por ter um dos maiores impérios de droga em Chicago. Andrew já tinha feito alguns trabalhos para ele e sabia que saia sempre bem servido em termos de dinheiro, por isso acho que era uma boa oportunidade visto que a sua carteira começava a ficar vazia.
As horas passaram até a noite chegar. O cais estava sombrio com um nevoeiro espesso e branco, que se estendia desde uma ponta a outra. Andrew chegou a tempo e os homens já estavam a trabalhar, vários caixotes de madeira estavam a ser retirados de um pequeno barco.

-Andrew! Meu bom amigo, aproxima-te!

-J.Morris. -Cuspiu Andrew retirando o seu capuz e exibindo o seu cabelo negro.

-Vem cá, não te acanhes. O teu trabalho vai ser, proteger estas caixas. Mas não te sintas mal, tenho companhia para ti.

-Sabes que eu trabalho sozinho. -Respondeu Andrew retirando o braço de Morris do ombro.

-Acho que vais gostar desta, é uma rapariga.
avatar
Mr.Puddin
Membro
Membro

Mensagens : 31
Comic Coins : 2511
Data de inscrição : 24/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Andrew Reyne
Dinheiro: 1500 Caps
Nivel: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Skylar M. Vaugan em Sex Fev 27, 2015 11:07 pm

Era meio dia quando Skylar acordou com o telefone.

- Finalmente! É a terceira vez que te ligo! O que é que estavas a fazer para não me atender?! - ouviu-se uma voz do outro lado do telemóvel.
Skylar parou, o que raio haveria de estar a fazer àquelas horas...?

- Estava a dormir... Que haveria de estar a fazer? - retorquiu de mau humor.

- Bem, princesa - ouviu-se num tom irónico - levante-se e venha ter ao local do costume às duas da tarde. Sem atrasos!

"Não podia começar o dia de melhor forma" pensou Skylar. Enrolou-se ainda mais nos cobertores da sua cama e deixou-se estar ponderando nem sequer aparecer ao encontro.
Meia hora depois acabou por se levantar, tinha o cabelo despenteado, selvagem, vestia uma camisa branca. Caminhou descalça até ao armário para se vestir.
Uma da tarde e estava já a sair de casa.

- Maldito sol! - murmurou a rapariga enquanto colocava os seus óculos escuros.

Caminhou alguns minutos até que chegou a um banco de jardim, no meio de Chicago. Viam-se crianças a brincar, risos e sons de pássaros. Não podia ser mais horrível.

- Chegaste sedo Sky? Caíste da cama? - perguntou um homem moreno, de barba sentado no banco para o qual a rapariga se havia dirigido.

- Que adorável, George... Sei que ias chegar mais cedo, adoras beber o teu café aqui... Mas afinal para que é que precisas de mim?

George riu-se calmamente, pegou no seu telemóvel, viu as horas... E segundos depois respondeu:

- Sabes... Tenho um velho amigo, se é que lhe posso chamar assim, e ele ontem ligou-me a propor uma espécie de negócio...

Skylar começava a ficar impaciente... Parecia que George tinha prazer em vê-la irritada.

- Continuando - disse George - bem, esse tal meu amigo, Jason Morris, pediu-me para arranjar alguém para acompanhar um dos rapazes dele, basicamente o que têm de fazer é assegurar que a transacção de umas caixas é feita na integra..

Skylar não podia acreditar no que ouvira.

- Estás a mandar-me trabalhar com um rapaz... Sabes bem que eu faço as coisas a solo! Sozinha! Sem mais ninguém!

- Calma… Sky, minha pequena Sky, tão efusiva... Eu sei.. Eu sei.. Por isso é que nós também temos um plano - dizia George enquanto lhe colocava a mão no ombro - a transacção, minha querida, espero que seja feita não para o local combinado mas para o meu armazém.

Skylar sorriu, apercebera-se do plano de George e de como a sua parceria não seria, na totalidade, uma parceria onde ambos trabalhariam para o mesmo fim.

- O rapaz não te deve dar problemas, qualquer das formas sei que és capaz. Ah! Verdade! Não te preocupes, deixa ser ele a procurar-te – dizia George já a levantar-se.

- Hm! – retorquiu Sky já a ir embora – espero que pelo menos seja giro!


Skylar passou o resto da sua tarde em casa, passando inúmeras vezes pelos mesmos canais de tv mas não parando em nenhum. Levantou-se apenas para jantar. Por volta da meia noite recebeu uma mensagem de George "Tudo a postos, conto contigo!" Calçou umas botas pretas e saiu para o cais onde a sua missão se iria desenrolar, apanhou um táxi pelo caminho, encurtando assim o tempo da sua viagem.

- São 5 dólares, menina, por favor - disse o taxista olhando-a pelo espelho retrovisor.

- Desculpe - disse Sky com uma voz doce que fez o motorista virar-se - pode repetir?

Quando o homem se virou, Sky tinha à frente da sua cara um isqueiro, lentamente acendeu a sua chama, olhou o homem nos olhos durante alguns minutos e saiu sem pagar.

- Mas que raio...? O que é que eu estou a fazer no cais? - disse o taxista para si antes de arrancar e ir embora.

Skylar caminhou pela praia, tinha apenas uma breve ideia do que poderia encontrar, por outro lado qualquer pessoa que ali aparecesse poderia ser o rapaz com quem teria, infeliz ou felizmente, de trabalhar.
Viu um rapaz a aproximar-se na sua direcção.

- Desculpa, tens isqueiro? - perguntou a pobre alma sem saber o que o esperava.

Skylar não evitou rir-se. Olhou para os olhos do rapaz, acendeu o isqueiro à sua frente e minutos depois estava ele confuso por estar perante uma rapariga completamente desconhecida.
"Pelo menos não era este..." pensou Sky.
Andou mais um pouco até se aproximar da linha do mar, sentia o som das ondas a bater nas suas botas. Estava tão distraída que não sentiu ninguém a aproximar-se até lhe colocarem a mão no ombro. Deu um salto para trás e derrubou a pessoa em questão com um golpe seco no peito.

- Calculo que sejas a rapariga... - ouviu-se com uma voz de momento débil vinda do rapaz ainda deitado na areia - o meu nome é Andrew...

- Oh, desculpa - disse a rapariga ajudando-o a levantar - mas... Nunca te ensinaram que não deves abordar assim as pessoas?!

O rapaz permaneceu calado, Skylar olhou-o de alto a baixo: estava perante um rapaz de cabelo negro e olhos negros, frios, um pouco mais alto do que ela.

- Hm, podia ser pior - disse deixando-o confuso.
avatar
Skylar M. Vaugan
Membro
Membro

Mensagens : 5
Comic Coins : 2472
Data de inscrição : 26/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Skylar Marie Vaugan
Dinheiro: 750 Caps
Nivel:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Mr.Puddin em Sab Fev 28, 2015 3:56 pm

Os olhos negros de Andrew passaram pela rapariga que estava agora a seu lado, esta exebi um longo cabelo negro e dois olhos claro que se pareciam como o céu limpo e azul. Só aquela característica irritou Andrew, olhos claros, uns belos olhos claros. O rapaz questionou-se como seria ver aquelas duas pérolas a desvanecer com o ultimo sopro da vida e aqueles lábios rosados a ficarem pálidos como a sua pele quase sem vida. Mais mais que tudo a sua personalidade era irritante, já se tinham passado vinte minutos e ela continuava a gritar e a barafustar gritando com Morris para que se despacha-se que tinha coisas mais interessantes para fazer. Andrew levou as mãos ao capuz e voltou a puxa-lo para cima cobrindo o seu cabelo, retirou a sua bola de vidro e fé-la dançar sobre a sua mão direita com extrema graciosidade. Enquanto isso A rapariga aproximou-se dele.

-Olá outra vez - O seu sorriso era nauseabundo, Andrew não lhe prestou atenção e continuou a brincar com a bola.-Estou a falar contigo, não me consegues ouvir? -A mão da rapariga fez um gesto rápido agarrando a bola com a sua mão e inspeccionando-a.

-Podes devolver-me a bola. -A voz do rapaz era fria e sem vida.

-Ora não sejas assim, só queria ver o que era e falar contigo. És alguma espécie de artista de rua? -Um sorriso de gozo rasgou a cara da rapariga, mas Andrew permaneceu calado e apenas esticou a mão.

Esta continuou a sorrir para ele. O rapaz não conseguia entender o que a rapariga pretendia e apenas queria a sua bola de volta, mas a teimosia dela era demasiada e esta começou a lançar a bola ao ar.

-Ora então. É a primeira vez que estou a trabalhar como Morris, sabes se ele paga bem? Pelo que pareceu tu já o conheces, que trabalhos já fizeste para ele. -As perguntas continuaram e Andrew continuou de braço esticado enquanto ouvia a foz da rapariga.

O sangue de Andrew começava agora a fervilhar e com um olhar fez a bola que saltava no ar voar para a sua mão aberta enquanto a fechava com força sobre esta, deu um pequeno passou e encostou a sua cara ao ouvido da rapariga.

-Quando alguém te pede alguma coisa, sê educada, seria uma pena se esses teus olhos brilhantes perdessem a sua vida, não achas? -A expressão do rapaz estava completamente diferente, um sorriso perverso cobria a sua cara e os seus olhos estavam completamente abertos. A rapariga ficou estática com a expressão do rapaz.

Ao longe Morris apercebeu-se da proximidade dos dois e interveio separando-os.

-Bem, bem vamos ter calma! O carregamento já esta pronto e vai consistir em três veículos, dois carros e uma carrinha de transporte. Skylar, tu vais na frente. -Disse apontando para a rapariga. -E tu Andrew, vai no carro da retaguarda, vou dar um gps a cada um com a rota planeada. E tenham atenção a estrada, a policia tem estado a mobilizar unidades, parece que por algum motivo souberam dos carregamentos de drogae tem estado a trabalhar numa operação para nos apanhar. Boa sorte, e não façam merda, senão não há dinheiro para ninguém!

Todas as pessoas entraram nos respectivos carros, mas Morris chegou perto de ANdrew antes de o carro avançar.

-Acho que tenho um rato dentro da equipa que se tem estado a chibar, por isso é que a policia tem estado tão activa. E já agora, tem atenção á rapariga, o patrão dela não é de confiança. Já fiz alguns trabalhos com ele, mas não gosto muito dele, por isso se os carros se desviarem da rota não exites em, bem, em fazer aquilo que tu fazes.

Morris fechou a porta do carro bateu no seu capô e a pequena caravana de veículos partiu pelas ruas de Chicago.
avatar
Mr.Puddin
Membro
Membro

Mensagens : 31
Comic Coins : 2511
Data de inscrição : 24/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Andrew Reyne
Dinheiro: 1500 Caps
Nivel: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Skylar M. Vaugan em Sab Fev 28, 2015 5:42 pm

Skylar achava o rapaz irritante e demasiado exibicionista.
Assim que Morrison a destacou para a primeira carrinha, Skylar ocupou o lugar ao lado do motorista, acomodou-se, encostou a cabeça para trás e deu graças a deus não ter de partilhar carro com Andrew.

- És nova por aqui? - perguntou-lhe o homem que ia a conduzir.

Skylar não era rapariga de muitas conversas, mas a viagem seria um tanto ou quanto longa e um pouco de conversa poderia ajudar a passar as coisas.

- Hm. Depende do que entendes por "nova" "por" "aqui" - disse a rapariga.

O homem entendeu que não seria uma conversa agradável pelo que acenou com a cabeça e prendeu os olhos na estrada.
Era meio da noite, as estradas não estavam muito movimentadas, a rota tinha sido traçada para que as ruas atravessadas não fossem as mais movimentadas, evitando chamar a atenção.
Era uma noite calma, mas uma electricidade inconstante acompanhava as partículas de ar. Sky abriu a janela, colocou a mão de fora para poder sentir o vento que se gerava à medida que o carro passava. Os seus pensamentos foram interrompidos pelo bip de um telemóvel.

- Namorado? - perguntou o homem que conduzia.

Skylar ignorou-o e abriu o sms "Como vai isso? Mantém o plano em mente!". O remetente era George, Skylar revirou os olhos e murmurou:

- Eu avisei-te que trabalhava a solo!

Fitou os carros que os seguiam pelo espelho retrovisor do carro. Passou os olhos pelo gps e sem desprender o olhar do visor chamou a atenção do motorista.

- Acho que devíamos fazer um desvio. - disse a rapariga.

-Hm? Mas não é essa a rota planeada... - retorquiu o homem com um olhar confuso.

- Trânsito ... Por aqui é muito mais rápido...

Os olhos dóceis de Skylar fizeram com que mesmo excitante o homem seguisse os seus conselhos. No cruzamento seguinte virou à direita, iniciando-se por uma rua que, para além de estreita, era demasiado escura e degradada. Não poderam passar mais do que 10 minutos para que o telemóvel de Skylar tocasse.

- O que é que estão a fazer? O caminho não é por aí! - ouvia-se a voz de Andrew a barafustar do outro lado do telemovel.

- Atalhos - respondeu a rapariga num tom frio e seco.

A viagem continuava e Skylar não podia deixar de exprimir um sorriso sádico à medida que o carro avançava.

- Acho que temos um problema! A estrada está cortada?! - dizia o homem incrédulo.

Skylar ignorou-o dando-lhe tempo para se aproximar.

- Pára o carro! - disse Skylar assertivamente assim que chegaram perto dos carros e carrinhas à frente da estrada.

O homem parecia incrédulo e já desconfiado, a caravana de carros que os seguiam haviam parado e alguns dos seus componentes haviam saído dos carros para ver o que se passava.

- Acho que vocês têm um problema... - disse Skylar enquanto saía do carro já parado. - Podem avançar, já sabem o que têm de fazer. E rápido! Não gosto de esperar!

Grupos de pessoas começaram a sair armadas dos carros que se encontravam a cortar a estrada. Aproximavam-se a passo apressado dos carros não lhes dando tempo para se defenderem.

- Sabia que não ias desiludir... - ouvisse uma voz atrás de Skylar - afinal ainda vai ter piada...

A rapariga virou-se ficando a pouco mais de 1 metro de Andrew.

- Não fiques assim, querido, mas eu nunca quis trabalhar a pares...

Andrew não respondeu, numa fracção de segundos ouviu-se o estilhaçar de uma janela dos prédios em redor e os destroços a voarem em direcção de Skylar. Numa tentativa de se desviar dos mesmos deixou com que um lhe cortasse de leve o braço. Os olhos azuis cristalinos da rapariga haviam mudado completamente de cor. Num salto aparentemente leve quase que voou na direcção de Andrew acertando-lhe com um golpe seco no ombro atirando-o ao chão quase imóvel. No espaço de segundos novos projécteis de vidro voavam em direcção à rapariga que num movimento ágil colocou o pé em cima da mão do rapaz que ainda se encontrava no solo.

- Desiste... É que eu não costumo bater em inúteis, dão-me pena, mas só por ti abro uma excepção.

Sem que se apercebessem havia-se desenrolado uma espécie de rixa à volta deles entres os dois grupos presentes. O som das balas impedia que outra qualquer frequência se ouvisse. Era difícil dizer qual dos lados levava a melhor, certo era apenas que não seria fácil, para ambos os lados, terminar a missão.
avatar
Skylar M. Vaugan
Membro
Membro

Mensagens : 5
Comic Coins : 2472
Data de inscrição : 26/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Skylar Marie Vaugan
Dinheiro: 750 Caps
Nivel:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Mr.Puddin em Sex Mar 06, 2015 5:33 pm

Andrew estava imóvel no chão tendo o pé de Skylar sobre o seu braço que o empurrava sobre o chão frio de alcatrão negro.

-Nunca te cansas de estar cheia de ti mesma? -Com isto a pequena bola de vidro deslizou para fora da manga do braço que estava livre e com grande rapidez foi contra a perna da rapariga, que com um som seco retirou o pé do braço do rapaz. Este aproveitou a oportunidade e vendo a rapariga dobrada sobre si mesma com a dor do impacto aproximou-se dela dando-lhe um forte pontapé na barriga atirando-a para o chão. O rapaz estendeu as duas mãos sobre o ar fazendo a bola de vidro levitar sobre a mão esquerda e um pedaço de vidro afiado pousar na direita, usando-o como uma faca.

-Para quem estava tão cheia de si mesma, foi ao tapete demasiado rápido. -O pedaço de vidro dançava sobre a mão direita do rapaz.

A rapariga esta contorcia-se sobre o chão e com algum esforço levantou-se, olhou o rapaz de alto a baixo e correu na direcção da maça de homens que disparavam tiros uns contra os outros, levou a mão ao bolso retirando o isqueiro e fazendo-o acender sobre a cara dos homens alterou os seus pensamentos, ate que estes se viraram para Andrew disparando como se não houvesse amanhã, carregador após carregador, enquanto um mar de cartuchos dourados enchiam o chão negro.
Utilizando a sua agilidade o mais possível o  rapaz tentou esquivar-se o melhor possível, fazendo pedaços de vidro voar na direcção das balas na tentativa de as parar mas sem muito sucesso, com uma corrida rápida para trás de uma carrinha sendo apanhado por uma bala de raspão na perna direita.
Ofegando pesadamente e com o som das balas a ecoar no metal da carrinha Andrew concentrou a sua mente nos pedaços de vidro que estavam espalhados pelo chão fazendo uma grande onda de estilhaços flutuar a sua volta e atirando-os na direcção dos homens que disparavam, e depois disto um silêncio caiu na zona. O rapaz saiu do esconderijo e foi recebido com um soco na cara que o atordoou fazendo-o cambalear para trás e quando conseguiu já Skylar se preparava para dar outro soco. Com um movimento ágil a cabeça do rapaz mudou de direcção e com a mão que continha a pequena adaga de vidro tentou desferir um corte na barriga da rapariga que, com um salto grácil para trás se esquivou do golpe e com isto os dois envolveram-se numa luta acesa de socos e cortes.
Um dos movimentos conseguiu fazer um corte na braço de Sky, um corte não muito fundo enquanto um dos socos acabou no abdómen de Andrew fazendo-o dobrar-se sobre si mesmo enquanto uma joelhada voou contra o seu nariz, fazendo uma torrente de sangue jorrar sobre o chão.

-Karma is a bitch. -Retorquiu a rapariga enquanto o rapaz se levantava limpando a cara e pondo o pedaço de vidro em riste.

As balas voltaram a soar enquanto a rapariga levantava o isqueiro na frente do rapaz acendendo-o e sussurrando algo em frente a Andrew, que com um movimento certeiro acabou por cravar o pedaço de vidro na sua barriga terminando com sangue a jorrar da sua boca.

-Não abras a tua mente dessa maneira. -Disse a rapariga num tom de gozo.

Este caiu de joelhos olhando as suas mãos cobertas por sangue e olhando para a rapariga que se ria em frente a ele. Este retirou o pedaço retorcido do seu abdómen e com um movimento rápido atirou-o em frente da rapariga fazendo-o explodir em pedaços de vidro fazendo vários cortes nas roupas e tingindo-as com sangue vermelho. Esta acabou por cair de joelhos ofegante em frente a ele, olhando para o sangue a jorrar.
Caiu um longo silencio entre eles até chegarem dois carros e uma voz conhecida ecoar entre os dois.

-Mas que merda é esta! Eu sabia que o George não era de confiança! -Uma mão pousou no ombro de Andrew enquanto a outra apontava uma arma em frente da rapariga.

-Se fosse a ti não fazia isso, Morris! -Do outro lado do espaço elevava-se uma personagem escura, enquanto um ponto vermelho aparecia no peito de Morris e outro na cabeça de Andrew.

-Desta vez, desta vez ganhas George! Mas não contes com um desfecho destes uma segunda vez, divido a minha carga contigo e saímos daqui todos vivos antes de a policia chegar, este é o acordo, agora aceita ou não, a escolha é tua! -O silencio ficou de novo entre todos os presentes.

-Esta bem, eu aceito! Acho que é justo para todos.

Enquanto isto Morris ajudou Andrew a levantar-se do chão enquanto outros dois homens faziam o mesmo com Skylar. Andrew cuspiu uma quantidade de sangue para o chão enquanto dirigia a sua voz para a rapariga.

-Da proxima vez vai ser diferente. -Esta respondeu com um ligeiro sorriso enquanto se afastava dali.

Missão terminada
avatar
Mr.Puddin
Membro
Membro

Mensagens : 31
Comic Coins : 2511
Data de inscrição : 24/02/2015

Ficha de Personagem
Nome: Andrew Reyne
Dinheiro: 1500 Caps
Nivel: 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por L Mars em Sab Mar 07, 2015 8:43 pm

Avaliação de Mr. Puddin
Manipulação de Vidro - 1 + 2,5 = 3,5

Avaliação de Skylar M. Vaugan
Controlo Memorial - 1 - 1.5 = 2,5

Comentários:
fazendo-o acender sobre a cara dos homens alterou os seus pensamentos
Apesar de ser possivel isto, teria de ser um pouco melhor descrito. Teriam de ter colocado que a Skylar tinha apagado as memorias recentes e convencendo-os a proteger Skylar. Apesar diso não foram prejudicados.

que com um movimento certeiro acabou por cravar o pedaço de vidro na sua barriga terminando com sangue a jorrar da sua boca.
Novamente, o poder da Skylar é só o de apagar e alterar memorias. Porem, não foi prejudicada.

Fugiram um pouco ao objectivo final da missão, porem foi uma missão interessante de ser lida ^^
Espero que continuem a escrever, tomem atenção aos Poderes que posuem (existe liberdade, mas não abusem muito fora dela) e boa sorte nas proximas missões Very Happy

______________________________________

avatar
L Mars
Fundador
Fundador

Barra de Respeito às Regras :
Mensagens : 205
Comic Coins : 2444
Data de inscrição : 14/02/2015
Idade : 24

Ficha de Personagem
Nome: Tália M. Nox
Dinheiro: 950 Caps
Nivel: 4

Ver perfil do usuário http://comicworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Karma [-10 a 10] Contrabando

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum